O corpo humano é composto por veias de diversas medidas. Os vasos são problemas nas estruturas menores e as varizes, nas maiores. “Como uma árvore, que tem troncos de diferentes tamanhos, mas com a mesma finalidade”, informa Calógero Presti, presidente da regional São Paulo da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular.

 

“Alguns casos não são considerados problemas graves de saúde”, avalia o cirurgião vascular. Mas muitas mulheres lotam os consultórios atrás de uma perna lisa e sem marcas. O tratamento correto para cada caso vai depender da avaliação de um médico vascular. “Quando a pessoa procura pelo tratamento, não é o método que vai ser usado o mais importante, mas sim o profissional”, alerta Calógero.

É preciso controlar o peso e praticar exercícios físicos pelo menos três vezes por semana. Os melhores exercícios são aqueles que promovem a contração e o relaxamento da panturrilha, como caminhar, subir escadas e fazer alongamento, pois estimulam a circulação sanguínea.

TÉCNICAS

Confira as técnicas eficazes que os especialistas têm nessa área.

Cirurgia

A operação é o método mais seguro no tratamento de varizes de grosso calibre e, ainda hoje, o que oferece menos riscos. Os médicos “desligam” a veia doente em dois pontos, retirando-a em seguida. A cirurgia não exige muitos dias no hospital e a recuperação pode levar de uma a três semanas, dependendo do caso.

Escleroterapia química

Tratamento mais indicado para pequenos vasos. O médico injeta uma substância no interior da veia doente, forçando a circulação a ser feita pelas veias próximas.

Crioescleroterapia

Semelhante à escleroterapia química, com uma diferença: a temperatura da substância injetada é de 40 graus negativos. O frio intenso destrói as paredes internas do vaso, que desaparece sob a pele. Não é preciso internação e é indicado para vasos e varizes pequenas.

Espuma esclerosante

O método é muito usado na Europa, mas chegou ao Brasil há aproximadamente dois anos. Os médicos injetam uma substância tipo mousse, uma mistura de líquido e ar, que desativa a veia doente. O procedimento é realizado com a ajuda de um aparelho de ultra-som. “Esse método pode ter complicações severas. O ar pode ficar na veia”, alerta o cirurgião vascular Paulo Guimarães. “O ar que está na espuma pode atravessar de um lado para o outro, causando até alterações no cérebro”, reforça Calógero Presti.

Laser

Nesse procedimento, as veias são queimadas por meio do aumento da temperatura, mas não removidas. Não há corte, nem sangramentos. Os médicos inserem uma pequena agulha que libera o laser enquanto percorre a veia doente, que perde sua função. “Esse procedimento pode danificar as estruturas próximas, ou seja, pode manchar a pele”, alerta o cirurgião vascular Paulo Guimarães. É indicado para veias difíceis de serem removidas ou pacientes que não possam passar por uma cirurgia.

Radiofreqüência

Método muito semelhante ao laser, este gera um aquecimento menos perceptível ao paciente. O procedimento é muito recente no País. Foi lançado em abril de 2009, no congresso internacional de cirurgia vascular.

DICAS PARA REDUZIR AS CHANCES DE VASOS E VARIZES

• Controle o peso: a obesidade contribui para o aparecimento das varizes;
• Evite banhos muito quentes e sauna, o calor ajuda a dilatação das veias;
• Alimente-se com pouco sal. O excesso desse ingrediente causa retenção de líquidos;
• Repouse 30 minutos com as pernas levantadas. “Não precisa ser muito levantada, uma almofada em cima de um banco, por exemplo, já ajuda”, relata Paulo Guimarães;
• A meia-calça é indicada em alguns casos, mas somente um médico vai poder avaliar e dizer o que é melhor para cada paciente;
• Movimente-se! Faça mais exercícios, ande mais e alongue-se;
• Evite saltos altos, eles prejudicam a circulação do sangue.

ALGUMAS VERDADES SOBRE O APARECIMENTO DE VASOS E VARIZES

Calça justa pode contribuir para o aparecimento de varizes?
Sim. O problema das calças justas é que elas comprimem excessivamente apenas a região das coxas, dificultando a circulação. “A compressão, para ser boa, tem de ser do pé até a cintura. A mulher pode continuar usando a calça, se usar uma meia de compressão por baixo dela”, avalia Paulo Guimarães.

Mulheres com intestino preso têm mais chance de ter varizes?
Sim. Nesses casos, a mulher faz mais força para poder ir ao banheiro. Esse esforço é como uma prensa no abdome e essa contração é transmitida para as veias dos membros inferiores, pressionando-as.

Gestação provoca varizes?
Sim. A notícia não é boa para as futuras mamães. Os hormônios liberados na gravidez tornam as paredes das veias mais elásticas, facilitando sua dilatação. O aumento no volume de sangue circulando pelo corpo da mulher e a retenção de água também são fatores que contribuem para o aparecimento das varizes. Além disso, o crescimento do bebê comprime algumas veias e dificulta o retorno do sangue. Por isso, praticar atividades físicas como o Pilates, por exemplo, pode evitar o aparecimento de vasos e varizes.

O uso constante de salto alto não tem relação com varizes? Ao caminhar de salto, a mulher usa apenas a força da coxa, quando o principal mecanismo de volta do sangue está na batata da perna. “A panturrilha é como se fosse um coração periférico, ela é responsável por 80% de todo o retorno venoso”, diz Paulo Guimarães. O cirurgião vascular aconselha: “Com exceção dos saltos, o calçado ideal é aquele que permite à mulher chega em casa no fim do dia e sentir que a perna está bem”.

¿Cómo puede encontrar información correcta acerca de "comprar kamagra 100mg"? Otro asunto que vamos a ser es "Kamagra Oral Jelly". La presión arterial alta puede conducir a disfunción eréctil. Junto con sus valiosos efectos, la mayoría de los medicamentos, sin embargo, tienen efectos secundarios indeseables, aunque por regla general no todos los experimentan. Teniendo esta información personal en mente, hacer algunas investigaciones para ver si una empresa que ofrece remedios de descuento podría ser el adecuado para usted para ayudar a su familia a ahorrar dinero en medicina valiosa.

O Portal em Forma tem caráter informativo baseado em artigos e textos de fontes reconhecidas. Orienta, mas não substitui o aconselhamento de um especialista, seu diagnóstico ou tratamento. Nunca ignore o conselho médico na busca de tratamento ou melhorias na qualidade de vida e saúde. Um médico, Educador Físico, Personal Trainer ou Nutricionista podem lhe orientar. E se você acha que pode ou está tendo uma emergência médica, procure imediatamente um especialista.

ESTE É UM MATERIAL EXCLUSIVO DO PORTAL EM FORMA. O Portal em Forma não autoriza a cópia parcial ou total de qualquer texto da sua Revista Digital, de acordo com a lei 9610/98. O Portal em Forma também proíbe qualquer tipo de divulgação de seus textos em diretórios e agregadores de links sem a sua autorização. Qualquer cópia será banida.

Redação PEF

Uma Revista Digital com conteúdo atualizado constantemente para informar, orientar e incentivar a prática de hábitos saudáveis.

Efetue seu login para postar comentários e muito mais. Clique aqui.