Cuidados com o uso de suplementos

Todo mundo já ouviu falar sobre suplementos alimentares. Mas será que você sabe o que são, para que servem e quando devem ser inseridos na sua alimentação? Continue a leitura e descubra todas as informações necessárias sobre o assunto.

Os suplementos tem a função de fornecer ao organismo o complemento nutricional necessário ao seu correto funcionamento. Por isso, são bastante utilizados por pessoas que desejam emagrecer ou adquirir massa muscular.

Como escolher o suplemento ideal?

Primeiramente, você deve procurar e seguir as orientações do seu médico de confiança.

Existe uma imensa variedade de suplementos no mercado e o indicado é você fazer uso do suplemento correto para seu objetivo, evitando assim consumo inadequado, que, a longo prazo, pode ser prejudicial à sua saúde.

Populares principalmente entre os atletas, amadores ou profissionais, complementam as demandas do organismo que nem sempre são alcançadas só pela alimentação, mesmo que esta seja rica em nutrientes.

Por não ser indicado em todos os casos, a princípio, veja alguns exemplos de quem, provavelmente, necessitará de complementação suplementar:

  • Idosos
  • Gestantes: nesse caso, há orientação de suplementação desde antes da gravidez, sendo que as suplementações serão atualizadas de acordo com o período da gestação em que a mulher esteja.
  • Vegetarianos (por conta da restrição de sua dieta): principalmente doses suplementares de vitamina B12, para que não haja carência desta a longo prazo.
  • Crianças com insuficiência nutricional: para corrigir carência de vitamina A. Nestes casos, receberão injeções intramusculares das chamadas superdoses.
  • Atletas e pessoas que praticam atividades físicas regulares

Cuidados com o uso de suplementos

Pra início, você precisa saber em que situação você se encontra.

Qual o seu objetivo? Sua alimentação está de acordo com suas necessidades?

Todos somos diferentes. No que se refere à carência alimentar, as pessoas são ainda mais “individuais”.

Como assim?

Significa que nem toda resposta do organismo será igual. Então, se o seu colega utiliza suplemento X, e indica pra você usar também, alegando que você terá os mesmos resultados, sinto lhe informar, mas pode ser que isso não aconteça.

O que funciona pra ela, não obrigatoriamente vai funcionar igual pra você. É extremamente imprescindível que você respeite sua individualidade.

Ter uma boa alimentação é essencial para que o uso do suplemento seja eficaz. A rotina alimentar deve ser balanceada. Entenda que o suplemento é um complemento para a sua alimentação e não um substituto.

Se você não tem o hábito de alimentar-se bem, possivelmente a suplementação não terá efeito satisfatório, além de poder ser prejudicial à sua saúde.

Consultar um nutricionista será de extrema importância, pois ele será capaz de lhe avaliar e indicar o suplemento que você realmente necessita, evitando danos à sua saúde e também gastos indesejáveis.

Evite a todo custo usar suplementos por conta própria. A internet está recheada de informações que prometem maravilhas, e ainda mais a curto prazo. É comum ver anúncios irresponsavelmente prometendo aumento de músculos, eliminação das gorduras indesejadas e elevação da energia.

Lembre-se, o resultado de uma dieta contendo suplementos alimentares tem resultado a longo prazo. Portanto, fuja de indicações que prometem resultados imediatos. Isso não vai ocorrer e provavelmente você está desperdiçando dinheiro.

É importante conhecer o suplemento que você vai começar a utilizar, sendo comparado à escolha dos alimentos que você consome. A qualidade dele será diretamente proporcional ao sucesso do seu objetivo.

Respeitar a dose correta é primordial, independente se você está usando para corrigir uma falha nutricional ou para suplementar por conta de atividades física, por exemplo. Seu uso excessivo pode acarretar problemas renais além de outros danos ao organismo.

Cada suplemento tem uma indicação nutricional diferente. Eles possuem limites que precisam ficar claro e devem ser respeitados.

Se consumidos em excesso, eis alguns dos efeitos adversos:

– dores de cabeça;

– cálculo renal;

– fadiga;

– reações cutâneas;

– insônia;

– reações gastrointestinais;

Quando você faz uso de suplementos sem o seu corpo necessitar de fato, vai haver uma sobrecarga nos órgãos que fazem seu metabolismo. Dependendo da quantidade utilizada, pode chegar ao extremo de falência dos órgão afetados.

Cuidados com o uso de suplementos

Quando utilizado corretamente, alguns dos benefícios do consumo de suplementos são:

– aumento da massa muscular;

– elevação do desempenho do atleta;

– melhora a absorção de nutrientes em pessoas idosas;

– elimina os radicais livres, que são os vilões no quesito envelhecimento precoce.

Quais os tipos mais comuns de suplementos?

– Vitaminas específicas isoladas: podem ser indicadas para complementar e repor essas vitaminas seja por alguma deficiência, doença ou demanda alta.

– Suplementos hiperproteicos: ajudam na formação de músculos, auxiliam na síntese proteica e complementam a quantidade de proteínas da dieta.

– Hipercalóricos: elevado valor energético, é amplamente utilizado por fisiculturistas já que são compostos por aminoácidos que nosso organismo não produz.

– Termogênicos: contribuem com a perda de peso por acelerarem o metabolismo.

– Antioxidantes: auxiliam contra o envelhecimento precoce por ajudar na eliminação dos radicais livres.

– Hormonais: neste tipo de suplemento, a indicação médica é ainda mais importante, pois estimula a produção de hormônios específicos.

Cuidados com o uso de suplementos

Contraindicações do uso de suplementos

O uso prolongado de suplementos pode causar diversos problemas de saúde, principalmente se considerarmos os efeitos do seu uso a longo prazo.

Alguns dos efeitos indesejados que podemos citar são:

– Poliúria, fraqueza muscular e sangramento do estômago pode ocorrer caso haja excesso de uso de magnésio e zinco;

– Ingestão em excesso de vitamina C pode ocasionar insuficiência renal;

– Consumir em excesso suplementos hiperproteicos pode resultar em elevação das calorias e o excesso se acumulará em forma de gordura;

– Os hipercalóricos só devem ser consumidos por pessoas com alto gasto calórico.

– Os hipercalóricos só devem ser consumidos por pessoas com alto gasto calórico.

– Os termogênicos utilizados isoladamente não produzem efeitos significantes, porém seu uso excessivo pode causar insônia, falta de concentração, confusão mental e AVC.

Em algum momento você já ouviu falar ou até já utilizou de alguma forma de suplemento alimento. Se você é frequentador de academias, provável que, se ainda não usou, já deve ter visto as pessoas utilizarem.

Ocorre que você deve ficar atento a só utilizar se necessário e com recomendação nutricional.

Leave a Reply

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>